maystar design

About me:
Margarida C.
Lisboa/Manaus
Repórter




Quote: 'se deus quiser / um dia eu quero ser índio / viver pelado / pintado de verde / num eterno domingo'




Minha Amazónia photos by Margarida C. © 2006
Minha Biografia photos by Margarida C. © 2006
sobre fotos de G. Cortes
Ajude a Preservar a Amazónia!

My Song: play / off





daily links

my old blogs

Da Pororoca ao Tejo |
Papel Manteiga |

blogging

my photobucket |
gmail | hi5 | odeo |
goear | you tube |
upload [4share] |

post it [mural] |
post it [clipping] |
post it [work] |
add it [work] |

new: link | post |

more links

blog lx | blog manaus |

clipping | mural |

today's front page |
estatísticas weblog |
wikipédia | pandora |


releituras:
carta | p. vaz caminha
o guarani | j. alencar
os sertões | euclides c.

support




Quotes

Amigos da Terra - Amazônia Brasileira
Amazonia.org.br
Eco-Finanças
Compradores de Produtos Florestais Certificados

Manejo Florestal.org

Projeto Rádio Amazônia

Selo pela Amazónia



























credits

blog web-designed
by margarida c.

& supported by may












powered by

Powered by Blogger


copyright

Conexão Lisboa-Manaus
Margarida C. © 2006

online






total visitors since
3th January 2007



home | | bio | | company | | work | | projects | | photos | | video | | music | | travel | | shop | | tools | | links | | aim | | contact



Conexão Lisboa-Manaus


Faltam apenas para a Grande Dança das Tribos começar!


Ainda Moçambique...

terça-feira, fevereiro 20, 2007
Photobucket - Video and Image Hosting

Photobucket - Video and Image Hosting
Fotos de François Goemans (Departamento de Ajuda Humanitária da UE)


As intensas chuvas que fizeram transbordar o rio Zambeze, no centro de Moçambique, já obrigaram 120 mil pessoas a deixar deixar as suas casas. A tragédia já matou pelo menos 30 pessoas, tendo deixado vastas áreas inacessíveis por estrada. Nas três províncias mais afectadas - que coincidem precisamente com as terras mais férteis - todas as plantações foram destruídas e a cidade de Mutarara mal pode ser vista sob a água.

As previsões metereológicas dizem que as chuvas são para continuar, o que obrigará os desalojados a permanecer nos abrigos improvisados por vários meses.

Apesar dos campos de refugiados, como Chupanga, terem começado a receber ajuda e comprimidos para purificar água, há ainda muitos outros que permanecem sem assistência. As organizações humanitárias a operar no terreno temem surtos de doenças como malária, cólera e diarréias.


posted by Margarida C. on 3:31 da tarde

maystar design



Conexão Lisboa-Manaus © 2006
All rights reserved to Margarida C.